Parques de BH

Oi, pessoal! Você também é apaixonado (a) por um parque? Fizemos uma lista dos nossos queridinhos para você conhecer quando vier a BH :))


Parque Municipal Américo Renné Giannetti


É um espaço de lazer e contemplação da cidade. Conhecido como Parque Municipal, a área foi inaugurada em 1897, juntamente com a capital, teve como primeira inspiração os parques franceses da Belle Époque, com jardim florido e coreto central.


Hoje, o parque funciona como espaço ambiental e cultural um cantinho de tranquilidade em meio à agitação metropolitana de Belo Horizonte. Uma das principais áreas verdes da capital mineira, o parque conta com 182 mil m² de vegetação e mais de 250 espécies de árvores raras e nativas.


Três grandes lagoas dão um charme especial ao lugar, que é ornamentado pela beleza e canto de aves típicas da região. Além de ceder espaço para a natureza, o parque abriga o Teatro Francisco Nunes.


Como opção de lazer, o parque também oferece brinquedos, equipamentos e estrutura para ginástica e esportes. A variedade de brinquedos encanta a criançada. Pelo parque, pista para patins e quadra de tênis, carrossel, roda gigante, minhocão, pula-pula e muitos outros!


Endereço: Avenida Afonso Pena, 1377 - Centro


Parque Municipal Fazenda Lagoa do Nado


Reconhecido como um exuberante centro de lazer, o parque Fazenda Lagoa do Nado é um espaço dedicado a diversão, cultura e entretenimento. A vegetação composta por espécies do cerrado e por mata ciliar circunda uma lagoa de 22 mil m². Além da flora, dispõe de biblioteca, teatro de arena, sala de vídeo e foyer para exposições.


Na área esportiva há quadras de peteca, poli-esportivas, campos de futebol society e futebol oficial, pista de cooper, lagoa natural, bosques e trilhas. O conforto do visitante é garantido pelas lanchonetes, vestiários com chuveiros, sanitários e guaritas de segurança.


Endereço: Rua Desembargador Lincoln Prates, 240 - Itapoã


Parque Guanabara


Único parque de entretenimento fixo em Belo Horizonte, o Guanabara tem 8 mil metros quadrados de muita diversão. A história do Parque data da década de 1930, quando o mecânico Paulo Dias começou sua caminhada pelo mundo dos brinquedos. Autodidata, Paulo fundou em 1951 a primeira versão do Guanabara Centro Diversões.


Ainda distante do que se tornou, nesta época o Parque ainda funcionava no estado do Espírito Santo, mas como era móvel, frequentava outras cidades brasileiras (entre elas, Belo Horizonte). Foi apenas em 1970 que o centro de diversão findou na capital mineira, na região da Pampulha.


Exclusivamente direcionado ao entretenimento da população, o Parque possui boa estrutura de lazer, além de espaço para eventos e festas. A alegria das crianças é garantida pelos diversos brinquedos do lugar, como Tromba-Tromba, Trem-fantasma, Bumper-Boat, Autorama, Roda Gigante e o tradicional Minhocão.


Para garantir muitas horas de diversão, o Parque conta com restaurante: Guanabara Grill. O espaço funciona como chopperia e pizzaria Diversão também para o público adulto.


Endereço: Avenida Dr Otacílio Negrão Lima, 3333 - Pampulha


Parque Ecológico da Pampulha


Tradicionalmente conhecido como Parque Ecológico da Pampulha, o Parque Ecológico Promotor Francisco Lins do Rego é uma das atrações imperdíveis de Belo Horizonte.


O espaço conta com 30 hectares de área verde recheados de programações permanentes de educação ambiental, cultural e patrimonial. Em meio a agitação da vida de metrópole, o parque funciona como um espaço único onde as pessoas podem ficar em contato e interagir com a natureza.


A integração com o lugar pode acontecer de várias formas. Nada de plaquinhas pedindo para não pisar na grama! No Parque Ecológico da Pampulha, o gramado serve de chão para os passantes e até de cantinho de descanso. É só ficar à vontade e se instalar por ali.


A prática de esportes também é muito incentivada. O parque conta com equipes de ginástica especializadas, além de bicicletas e pistas de cooper e caminhada.


Para quem quer conhecer o lugar, explorando fauna e flora, também há opções especiais. O parque conta com equipes de monitores treinados para orientar adultos e crianças quanto à conservação ambiental.


Com tanta coisa boa, a cultura não poderia ficar de fora! Frequentemente, o lugar serve de palco para apresentações de dança, música e teatro. Com entrada franca, o Parque Ecológico da Pampulha é uma boa sugestão de passeio para quem vive ou está de passagem por BH.


Endereço: Avenida Dr Otacílio Negrão Lima, 7111 - Pampulha


Parque das Mangabeiras


Nas encostas da Serra do Curral, fica o Parque das Mangabeiras, a maior reserva ambiental da capital mineira e um dos maiores parques urbanos da América Latina. Lugar para descanso, lazer e esportes, o parque recebe cerca de 30 mil pessoas por mês.


Os visitantes podem usufruir de recantos naturais, quadras de peteca, tênis e poliesportivas e brinquedos. Além disso, são realizadas atividades culturais em datas comemorativas na Praça das Águas e no Teatro de Arena.


O Parque das Mangabeiras foi projetado pelo paisagista Roberto Burle Marx. Em sua área de 2,8 milhões de metros quadrados estão 21 nascentes do Córrego da Serra, que integra a bacia do Rio São Francisco.


A fauna reúne 28 espécies de mamíferos, 160 de aves, 20 de répteis e 19 de anfíbios. A vegetação variada mescla campo de altitude, cerrado e matas de galeria. O parque possui matas nativas, onde se pode fazer trilhas no meio de micos, esquilos e outros animais silvestres e ainda quiosques, quadras poliesportivas, brinquedos para crianças e arenas para shows e teatros.


Endereço: Avenida José do Patrocínio Pontes, 580 - Mangabeiras


Parque da Serra do Curral


Inaugurado em 2012, o Parque Serra do Curral é uma ótima opção para quem procura por diversão, adrenalina e contato com a natureza. Iniciando-se na portaria sul do Parque das Mangabeiras, passando por trás do Instituto Hilton Rocha, estendendo-se pela av. José do Patrocínio Pontes até a Praça do Estado de Israel, o parque abrange uma área aproximada de 400 mil m².

Tombado pela Lei Orgânica do Município e pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), ela é o marco geográfico mais representativo da região metropolitana de Belo Horizonte e é importante parte da história de Minas Gerais, pois no período de colonização os viajantes a utilizavam como referência geográfica. Em 1997 foi eleita pela população como o símbolo de Belo Horizonte.

O Parque possui 10 mirantes, sendo sete ao longo da trilha Travessia da Serra. Com trilhas, mirantes e praças de convívio, o espaço é ideal para a prática de caminhada, para o descanso e contemplação. Importante ponto turístico da Capital, o local contribui para a proteção


Mirantes do Parque da Serra do Curral

São uma ótima opção para quem deseja curtir um belo visual e aproveitar a natureza. O Parque da Serra do Curral possui 10 mirantes, sendo sete ao longo da trilha Travessia da Serra. A partir deles, pode-se avistar diferentes pontos de Belo Horizonte: Lagoa da Pampulha, Parque Municipal Américo Renné Giannetti, Avenida Afonso Pena, Estádios Mineirão e Independência, Museu de História Natural e Jardim Botânico da UFMG, os municípios de Nova Lima, Contagem e Sabará, além do Pico do Itabirito, Serra da Piedade, Morro do Pires, Morro do Elefante e Parque Estadual da Serra do Rola-Moça também podem ser observados.

As trilhas variam de grau de dificuldade leve, moderada, difícil e muito difícil, dependendo do esforço físico e do preparo.


Endereço: Avenida José do Patrocínio Pontes, 1701 - Mangabeiras


Gostaram das dicas? Esperamos por vocês aqui em BH.


Textos retirados do site soubh.com.br

Br Hostel - Savassi - Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil